O que nós mais gostamos são dos “rough cuts”, pois na maioria das vezes é através deles que ficamos a entender melhor que algumas das manobras foram verdadeiras “batalhas”.

Comentários