Se não conheces a primeira parte desta aventura, podes ver aqui, e fica a perceber como é skatar numa cidade acima dos 4 mil metros.

Comentários